Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Operação Covid-19: 10 mil vacinas aplicadas

Publicado: Segunda, 31 de Maio de 2021, 14h24 | Acessos: 672
imagem sem descrição.

O Posto de Vacinação das Forças Armadas, em parceria com o Governo do Distrito Federal, alcançou a marca de 10 mil vacinados contra a Covid-19, nesta sexta-feira (28), após 26 dias de funcionamento.
Coordenado pelo Comando Conjunto Planalto, o Posto de Vacinação contra a Covid-19, está em operação desde o dia 3 de maio. Instalado na Praça dos Cristais, em frente ao Quartel General do Exército, militares das Forças Armadas estão trabalhando diretamente no processo de imunização. Equipes da área de saúde da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, trabalham juntos para atender a população, prestando apoio a Secretária de Saúde do Governo do Distrito Federal no processo de vacinação.
O atendimento está sendo pela sistema de drive-thru, com a finalidade de prover a segurança sanitária dos usuários, possibilitando a aplicação das vacinas sem que a pessoa saia do veículo, evitando aglomerações e exposições desnecessárias.
A vacinação segue o mesmo cronograma determinado pelo GDF e estão sendo aplicadas a 1ª e a 2ª dose. O horário de atendimento é das 18h às 23h, inclusive no fim de semana.

Comando Conjunto Planalto

As ações das Forças Armadas seguem ininterruptamente. Há mais de um ano, desde o início da pandemia, o Comando Conjunto Planalto, constituído em 19 de março de 2020, vem empreendendo diversas ações de prevenção e controle no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus na capital federal. Formado por militares da Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 7º Distrito Naval, Exército Brasileiro, por meio do Comando Militar do Planalto e Força Aérea Brasileira, através da ALA 1 – Base Aérea de Brasília, vem atuando na linha de frente no contexto da Operação Covid-19. Desta forma, contribuindo com a descontaminação de locais públicos, transporte de material hospitalar, remoção de pacientes, doações de sangue, produção de máscaras, distribuição de cestas básicas, entre outras demandas.

registrado em:
Fim do conteúdo da página