Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Brasil participa do Exercício Viking 22

Publicado: Terça, 29 de Março de 2022, 17h30 | Acessos: 427
imagem sem descrição.

Abertura do Exercício Viking 22: Brasil participa do maior exercício internacional simulado no contexto de operações de paz

Brasília (DF) - No período de 28 de março a 7 de abril, o Brasil participa do Exercício Viking 22, maior exercício multifuncional de operações de paz do mundo. A atividade é conduzida pelo Ministério da Defesa da Suécia, em parceria com o Departamento de Defesa dos Estados Unidos e, conta ainda, com a participação da Organizações das Nações Unidas (ONU), da Associação Latino-Americana dos Centros de Treinamento de Operações de Paz (ALCOPAZ) e Rede Brasileira de Pesquisa sobre Operação de Paz (REBRAPAZ). No Brasil, a coordenação do Exercício é do Ministério da Defesa e a direção cabe ao Exército Brasileiro, por intermédio do Comando de Operações Terrestres (COTER).
O Brasil, representando novamente a América Latina, sedia pela segunda vez o único sítio remoto do exercício nas Américas. A atividade acontece nas instalações do Comando Militar do Planalto (CMP), em Brasília-DF. Participam 9 países da ALCOPAZ: Brasil, Uruguai, Guatemala, Argentina, Peru, Chile, Bolívia, Equador e México; além de integrantes da ONU, de Gana, França e Suécia. Ao todo, o exercício envolve cerca de 1.750 pessoas, de 40 países, das quais 276 irão atuar no CMP.
O Exercício Viking 22 tem como principais objetivos a promoção da cooperação e da interoperabilidade entre as forças, organizações e instituições nacionais e internacionais; o adestramento no trabalho dos estados-maiores envolvidos; e a aplicação de conceitos operacionais atuais, refletindo desafios presentes e futuros das operações de paz internacionais.
No auditório do CMP, na manhã desta segunda-feira (28), o Chefe do Preparo da Força Terrestre e Diretor-Geral do Site Brasil, General de Divisão Gustavo Henrique Dutra de Menezes, realizou a abertura oficial da atividade, apresentando as boas-vindas aos participantes. Na oportunidade, foi realizada uma ambientação geral e abordados aspectos sobre a programação do evento, até a sua conclusão no dia 7 de abril.


O Exercício

O Viking 2022 é um exercício de simulação internacional, cuja plataforma de treinamento, projetada para a preparação de civis, militares e policiais destinados a futuros desdobramentos em missões de paz. Constitui-se em um Posto de Comando Central, assistido por computadores conectados em rede e distribuídos remotamente, apoiado por um grande número de nações e organizações parceiras. Simula situações previstas nas missões de paz da ONU e treina os participantes para enfrentar os desafios do presente e do futuro, em resposta a crises em operações de paz.
Além disso, tem a finalidade de promover a interoperabilidade entre as Forças Armadas (Marinha do Brasil, Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira), as organizações e as instituições nacionais e internacionais envolvidas, contribuindo para o desenvolvimento dos processos decisórios das ações relacionadas às missões de paz, atendendo a necessidade do País em se manter atualizado e preparado. Além do Brasil, outros quatro sítios remotos, localizados no Catar, Finlândia, Bulgária e Suécia atuarão simultaneamente.
Em sua 9ª edição, o Viking 22 facilitará, ainda, o desenvolvimento e experimentação de futuras capacidades, métodos, conceitos operacionais e melhorias tecnológicas.  A 1ª edição do Exercício  foi realizada em 1999.
O Brasil, como signatário da Carta das Nações Unidas, tem contribuído, com o esforço internacional para a promoção da paz mundial. A tradição brasileira de mais de 70 anos em missões de paz e os resultados alcançados, mais de 50 operações de paz e missões similares, qualificam o País como um importante ator no contexto dessas operações.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página